Federação Paulista de Beisebol e Softbol
 
  PÁGINA PRINCIPAL ::    BUSCA ::   ARQUIVO DE NOTÍCIAS 
 
 
Sobre a Federação
Histórico
Diretoria
 
Eventos em Destaque
Conheça o Tebol
10ºCamp. Paulista Adutlo 2012
XII Paulistão Pré-Jr. 2012
XII Paulistão Infantil 2012
XII Paulistão Júnior 2012
XIII H.Tamaki Infantil 2012
XII H. Tamaki- Infantil 2011
Taça Sadao Kayano Pré-Jr.2011
XI - Paulistão - Júnior 2011
XI - Paulistão - Pré- Jr. 2011
Taça Sadao Kayano Pré-Jr.2012
XI-Paulistão Infantil2011
9º Camp. Paulista Adulto 2011
Dia do Softbol -Programação
64ºCamp.Beisebol Noroeste-AD.
Softbol por Ushitaro Kamia
Divulgação do Dia do Softbol
Taça Sadao Kayano Pré-Jr 2010
Final Paulistão Infantil 2010
Final Paulistão -Pré-Jr. 2010
Final Paulistão-Jr. 2010
8ºCamp PaulistaBeisebol Adulto
X Taça FPBS Pré-jr 2010
X Taça FPBS Júnior 2010
Nova Geração: os New Giants
 
Fotos Eventos da Federação
Câmara Municipal-Softbol
Prêmio Paulista - 2011
XII Paulistão Infantil 2012
XII Paulistão Júnior 2012
XIII H.Tamaki Infantil 2012
XII - H. Tamaki Infantil 2011
Taça Sadao Kayano Pré-Jr.2011
9º Camp. Paulista Adulto 2011
Paulistão Junior - 2011
XI Paulistão Pré-Junior 2011
XI - Paulistão Infantil 2011
XI Henrique Tamaki-Inf.2010
Formação de Escola de Beisebol
Taça Sadao Kayano Pré-Jr. 2010
8º Camp. Paulistão-adulto 2010
Paulistão Adulto2010 Final- 1
Paulistão Adulto2010- Final 2
X Taça FPBS Final Jr. Marília
Final Paulistão 2010 -Pré-Jr.
 
Eventos dos Federados
XI - Henrique Tamaki - 2010
III Torneio Teruo Egashira
10 ºTorneio Henrique Tamaki 09
Tebol na Taça Brasil 2009
 
Fotos
Torneio Tiemi Yajima 2012 -
XV-Torneio Kimura B. Infantil
Torneio Tiemi Yajima - 2012
IVCopa Seattle Mariners Juv.
II Torneio Paulo Suzuki
14ºTaça Br.Inter.Pré-Inf.2010
7º Taça Br.Soft. Fem. Adulto
VII Taça Br. de Soft. Fem.Jr
Nilze Higa -Softbol no Japão
Fotos do Prêmio Paulista
 
Entidades Relacionadas
ACET
Coopercotia
Giants Beisebol e Softbol Club
Nippon Country Club
Nikkey Marília
 
 
 
Histórico

Em 2006, a federação paulista completou 60 anos

 

Uma das mais antigas federações esportivas brasileiras, a Federação Paulista de Beisebol e Softbol foi fundada, em 1946, ao término da Segunda Guerra Mundial, ela mantém suas atividades ininterruptamente até hoje, além de ser a entidade com o maior número de filiados da modalidade.

 

Há controversas, mas a maioria das publicações converge para o nome de Abner Doubleday como inventor do beisebol e o primeiro jogo disputado no ano de 1839, em Nova York, nos Estados Unidos. Porém, foram os primeiros imigrantes japoneses que fixaram o beisebol no Brasil em 1908 ao desembarcarem do navio Kasato Maru e se organizaram em colônias.

Os núcleos das equipes de beisebol nasceram nestas colônias japonesas predominantemente do setor agrícola, onde também se praticavam esportes de cunho individual como atletismo, sumô e judô.

Posteriormente, as ligas regionais de beisebol foram formadas a partir dos caminhos abertos para o interior de São Paulo pelas ferrovias: Central Mogiana, Alta Paulista, Noroeste, Sorocabana, Sudoeste, Araraquarense, Centro-Oeste e Oeste Paulista.

O beisebol, apesar de todas as dificuldades com relação a campo, equipamentos, treinamento para grupo de jogadores, custo elevado para transporte, alimentação e uniformes, sobressaiu entre as outras modalidades por exigir o sentimento de equipe, garra, determinação, disciplina rígida e obediência cega, valores morais direcionados para cooperação, união, orgulho e companheirismo.

A Federação Paulista de Beisebol e Softbol foi fundada em 1946, após o termino da Segunda Guerra Mundial (1939 a 1945), época conturbada e de desilusão para maioria dos japoneses e dos jovens nipo-brasileiros no País, porque o Japão tinha sido derrotado e o Governo restringia qualquer manifestação cultural nipônica, e internamente a “colônia” se dividia em dois grupos ideológicos: o “makegumi” e o “katigumi”.

E por outro lado, havia a necessidade de reorganizar a vida social nas colônias, e neste aspecto o beisebol foi fundamental para criar uma onda de otimismo e entusiasmo. A federação iniciou suas atividades, dia 24 de setembro de 1946, após reunião com três clubes: o Coopercotia Atlético Clube, o São Paulo Gigante Beisebol Clube (fundado em 6 de agosto de 1946) e o Piratas Beisebol Clube um time formado de brasileiros não descendentes de japoneses, que emprestou o nome do São Paulo Futebol Clube por não estar constituído legalmente.

Ao longo dos 60 anos, a Federação Paulista de Beisebol e Softbol foi presidida por: jornalista e editor da Gazeta Esportiva Olímpio da Silva e Sá (1947/64); advogado Dr. Issao Nishi (1965/85); administrador Akio Ito (1986/87); economista Jorge Otsuka (1988/90 até a fundação da Confederação em 1991); sociólogo e escritor Reimei Yoshioka (1991/96); representante comercial Luiz Simizi (1997/02 morreu em maio de 2002); e analista de sistema Olívio Heiji Sawasato, que assumiu em 2003, cumpriu a gestão até 2008 e foi reeleito para mais um mandato até 2012. Na vacância de Luiz Simizi, a federação foi presidida pelo 1º vice-presidente, o advogado Dr. Takayoshi Joaquim Tubone, de Presidente Prudente (de maio a dezembro de 2002).

Cada presidente e seus respectivos diretores e secretários tiveram ou tem a importância na condução da federação: Olímpio da Silva e Sá, na divulgação e difusão do esporte; Dr. Issao Nishi, na defesa dos interesses do beisebol; Akio Ito, na transição; Jorge Otsuka, na credibilidade do beisebol brasileiro no exterior; Reimei Yoshioka, no apoio a criação da CBBS e foi responsável pela edição do livro Beisebol Histórias de Uma Paixão; Luiz Simizi, na dedicação quase full time pelo beisebol e softbol, trouxe para São Paulo a primeira competição de nível mundial e apoio ao Beisebol Solidário, que atende as crianças de menos recursos; e Olívio Heiji Sawasato, na elaboração de novos projetos e formatos para os campeonatos paulistas, a exemplo da competição da categoria adulto de beisebol com duração de dois meses e disputando jogos todos os domingos com uma rodada sempre garantida no Estádio Municipal Mie Nishi, no Bom Retiro.

 

 

A FPBS - Federação Paulista de Beisebol e Softbol

O início - Terminada a guerra, o beisebol volta para o cenário esportivo do País e, em 24 de setembro de 1946, era fundada a Federação Paulista tendo a necessidade do esporte ser administrado por uma entidade oficialmente credenciada.

A partir de 1946 até  hoje presidiram a federação os seguintes dirigentes: 1º Olimpio da Silva e Sá (1946 a 1964); 2º Issao Nishi (1965 a 1984); 3º Akio Ito (1985 a 1987); 4º Jorge Otsuka (1988 a 1990); 5º Reimei Yoshioka (1991 a 1996); 6º Luiz Simizi (1997 até maio de 2002) e Takayoshi Joaquim Tuboni (até fim do 6º mandato); e 7º Olívio Heiji Sawasato (2003 e atual).


O incentivo ao beisebol no Brasil deu-se, também aos jornais da comunidade nipo-brasileira: Jornal Paulista, São Paulo Shimbun e Diário Nippak (atual Jornal do Nikkey e Nikkey Shimbun, também resultado da fusão do Jornal Paulista). Cada empresa jornalística era responsável pelos patrocínios dos campeonatos brasileiros das categorias interseleções infantil, juvenil e adulto, respectivamente. Como também outras empresas japonesas como a Howa e Kanebo, além das Cooperativas Centrais de Cotia e Sul Brasil; e o Banco América do Sul (atual Banco Real) e mais recentemente, a Yakult do Brasil.

A Federação Paulista de Beisebol e Softbol foi e continua sendo o baluarte do beisebol com quase 60 clubes filiados e 80% da base dos atletas que compõem as seleções brasileiras de diversas categorias. A entidade está filiada e uma das fundadoras da Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol, desde 1990.
A federação durante a comemoração do seu Jubileu de Ouro, em 1996, publicou o livro: Beisebol, Histórias de uma Paixão, com 274 páginas, coordenada pela jornalista e escritora Célia Abe Oi, que retrata a saga e a trajetória do esporte no País (edição esgotada).

 
 Voltar




Este site foi acessado 7491533 vezes desde Outubro de 2009
2009 -Federação Paulista de Beisebol e Softbol - Todos os direitos reservados