>
HOME
Go PAGINA INICIAL
DEKASSEGUI
Go CIATE
Go SEBRAE
Go ISEC
Sobre a ACET
Go História
Go Fotos Antigas Nobuo Takahashi
Go Benfeitoriais Realizadas
Go VIAGEM CALDAS NOVAS - GO
Go Diretoria 2013
Go Programação 2013
Go Ficha de Inscrição Associado
Go COMUNICADO NOVEMBRO/09
Go BANCO DE HORAS
Go yoshio imaizumi
Go HISTORICO DE ACESSOS SITE ACET
Go Sites Abertos com apoio ACET
Go MAPA DA SEDE
Entidades Relacionadas
Go Edu Chaves Kaikan
Go Associação Nipo Imirim
Go BASTOS - ACENBA
Go UCEG - Guarulhos
Go Bunkyo-SP
Go Centenario Imigração Japonesa
Go Liga Nipo Volei, Futsal, TM
Go Osvaldo Cruz
Go Federação Paulista de Judo
Go ACA KIYOWA
Go Nikkey Matsuri
Go São Paulo Norte
Go União Paulista de Karaokê
Go Shako Dansu Grande SP
Go OSVALDO CRUZ
Go INSTITUTO ICARO
Go Clube Escola Jardim São Paulo
Go FUNDAÇÃO JAPÃO
Go Prog. de palco Nikkey Matsuri
Go FUNDAÇÃO JAPÃO EVENTOS
Go EVENTOS DAS ENTIDADES NIKKEYS
Go KENREN - PROVINCIAS DO JAPÃO
Go FESTIVAL DAS CEREJEIRAS HORTO
Go ACE SANTANA -ACESA
Go ASSOCIAÇÃO OKINAWA DO BRASIL
Go ALIANÇA CULTURAL BRASIL JAPÃO
Go ENKYO -BENEFICENC.NIPO BRAS SP
Go CONSULADO GERAL DO JAPÃO SP
Go Basebol Anhanguera Nikei Clube
Go Giants Basebol
Go Nipo São Carlos
Go Nipo Jundiai
Go Arbitros de Softbol do Brasil
Go Federação Paulista Basebol Sof
Galeria de Fotos
Go Galeria
Go Fotos: Bon Odori
Go Volei Marília 25-26/07
Fotos
Go Yakisoba
Go Shako Dansu Jovens 27/06
Go Shako Dansu 14-03-09
Go Kagura no ACET
Go EXPOSIÇÃO NIKKEY MATSURI METRO
Go Volei - TOVEC
Go Nikkey Matsuri Metro Jd S.Paul
Go Segundo Novo Trem do Metro
Go UNDOKAI 2009
Go Taubaté recebe TM
Go ACET Apoia Vereador Kamia
Go 4o Nikey Matsuri Fotos Oficiai
Go 4o NIKKEY MATSURI
Go MOTITSUKI BOLINHOS DE ARROZ
Go 25o Karaoke Taikai
Go shako dansu sakura aikokai
Go Fotos Antigas Shigueru Date
Departamentos
Go Departamentos:
Seinen - Dep. de Jovens
Go Quem Somos
Go Diretoria Seinen 2009
Go Atividades Ligadas
Go Fotos
Go FESTA JUNINA 20/06/09
Liga Nipo Bras. Tênis de Mesa
Go Liga de Tênis de Mesa
Departamento de Atletismo
Go Quem somos
Rodin Kai - Depto Anciões
Go Rodin Kai - Depto Anciões
HAHA NO KAI - FUJINKAI
Go ASSOCIAÇÃO DAS SENHORAS
Go Quem Somos
Departamento de Volei
Go Quem somos
Go Atividades de Treinos/Lazer
Go Equipes 2009
Escola de Lingua Japonesa
Go Quem somos
Go Horário de Aulas
Departamento de Shako Dansu
Go Horario de Aulas
Go Programação Grande SP
Departamento de Judo
Go DIRETORIA
Go FOTOS 1
Departamento de Karaokê
Go Quem somos
Go Convite e Regulamento Karaokê
Go Resultados de Karaokês Taikai
Departamento de Futsal
Go Quem somos
FALE CONOSCO
Go FALE CONOSCO
SAUDE E BEM ESTAR
Go PREVINA CANCER PRÓSTATA
Go PREVINA CANCER MAMA
Go Diga NÃO as DROGAS
Go Efeitos Psicológicos da Droga
Telefonica
Go facebook
Go Lista de Endereços Fibra Otica



 
 
 
 
PREVINA CANCER MAMA

FONTE : INSTITUTO NACIONAL DO CANCER  SITE : www.inca.org.br

 

 

 

 

Câncer de Mama

O câncer de mama é provavelmente o mais temido pelas mulheres, devido à sua alta freqüência e sobretudo pelos seus efeitos psicológicos, que afetam a percepção da sexualidade e a própria imagem pessoal. Ele é relativamente raro antes dos 35 anos de idade, mas acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente.

Este tipo de câncer representa nos países ocidentais uma das principais causas de morte em mulheres. As estatísticas indicam o aumento de sua freqüência tantos nos países desenvolvidos quanto nos países em desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nas décadas de 60 e 70 registrou-se um aumento de 10 vezes nas taxas de incidência ajustadas por idade nos Registros de Câncer de Base Populacional de diversos continentes.

No Brasil, o câncer de mama é o que mais causa mortes entre as mulheres. Consulte a publicação Estimativa de Incidência de Câncer no Brasil para 2008.


Sintomas
Os sintomas do câncer de mama palpável são o nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações ou um aspecto semelhante a casca de uma laranja. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.


Fatores de Risco
História familiar é um importante fator de risco para o câncer de mama, especialmente se um ou mais parentes de primeiro grau (mãe ou irmã) foram acometidas antes dos 50 anos de idade. Entretanto, o câncer de mama de caráter familiar corresponde a aproximadamente 10% do total de casos de cânceres de mama. A idade constitui um outro importante fator de risco, havendo um aumento rápido da incidência com o aumento da idade. A menarca precoce (idade da primeira menstruação), a menopausa tardia (após os 50 anos de idade), a ocorrência da primeira gravidez após os 30 anos e a nuliparidade (não ter tido filhos), constituem também fatores de risco para o câncer de mama.

Ainda é controvertida a associação do uso de contraceptivos orais com o aumento do risco para o câncer de mama, apontando para certos subgrupos de mulheres como as que usaram contraceptivos orais de dosagens elevadas de estrogênio, as que fizeram uso da medicação por longo período e as que usaram anticoncepcional em idade precoce, antes da primeira gravidez.

A ingestão regular de álcool, mesmo que em quantidade moderada, é identificada como fator de risco para o câncer de mama, assim como a exposição a radiações ionizantes em idade inferior a 35 anos.


Detecção Precoce
As formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico da mama e a mamografia.

O Exame Clínico das Mamas (ECM)
Quando realizado por um médico ou enfermeira treinados, pode detectar tumor de até 1 (um) centímetro, se superficial. O Exame Clínico das Mamas deve ser realizado conforme as recomendações técnicas do Consenso para Controle do Câncer de Mama.

A sensibilidade do ECM varia de 57% a 83% em mulheres com idade entre 50 e 59 anos, e em torno de 71% nas que estão entre 40 e 49 anos. A especificidade varia de 88% a 96% em mulheres com idade entre 50 e 59 e entre 71% a 84% nas que estão entre 40 e 49 anos.

A Mamografia
A mamografia é a radiografia da mama que permite a detecção precoce do câncer, por ser capaz de mostrar lesões em fase inicial, muito pequenas (de milímetros).

É realizada em um aparelho de raio X apropriado, chamado mamógrafo. Nele, a mama é comprimida de forma a fornecer melhores imagens, e, portanto, melhor capacidade de diagnóstico. O desconforto provocado é discreto e suportável.

Estudos sobre a efetividade da mamografia sempre utilizam o exame clínico como exame adicional, o que torna difícil distinguir a sensibilidade do método como estratégia isolada de rastreamento.

A sensibilidade varia de 46% a 88% e depende de fatores tais como: tamanho e localização da lesão, densidade do tecido mamário (mulheres mais jovens apresentam mamas mais densas), qualidade dos recursos técnicos e habilidade de interpretação do radiologista. A especificidade varia entre 82%, e 99% e é igualmente dependente da qualidade do exame.

Os resultados de ensaios clínicos randomizados que comparam a mortalidade em mulheres convidadas para rastreamento mamográfico com mulheres não submetidas a nenhuma intervenção são favoráveis ao uso da mamografia como método de detecção precoce capaz de reduzir a mortalidade por câncer de mama. As conclusões de estudos de meta-análise demonstram que os benefícios do uso da mamografia se referem, principalmente, a cerca de 30% de diminuição da mortalidade em mulheres acima dos 50 anos, depois de sete a nove anos de implementação de ações organizadas de rastreamento.

O Auto-Exame das Mamas
O INCA não estimula o auto-exame das mamas como estratégia isolada de detecção precoce do câncer de mama. A recomendação é que o exame das mamas pela própria mulher faça parte das ações de educação para a saúde que contemplem o conhecimento do próprio corpo.

As evidências científicas sugerem que o auto-exame das mamas não é eficiente para o rastreamento e não contribui para a redução da mortalidade por câncer de mama. Além disso, o auto-exame das mamas traz consigo conseqüências negativas, como aumento do número de biópsias de lesões benignas, falsa sensação de segurança nos exames falsamente negativos e impacto psicológico negativo nos exames falsamente positivos.

Portanto, o exame das mamas realizado pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por profissional de saúde (médico ou enfermeiro) qualificado  para essa atividade.  

As Recomendações do Instituto Nacional de Câncer
Em Novembro de 2003, foi realizada a "Oficina de Trabalho para Elaboração de Recomendações ao Programa Nacional de Controle do Câncer de Mama", organizada pelo Ministério da Saúde, através do Instituto Nacional de Câncer e da Área Técnica da Saúde da Mulher, com o apoios das Sociedades Científicas afins e participação de gestores estaduais, ONG's e OG's. 

A partir dessa Oficina foi desenvolvido um Documento de Consenso para Controle do Câncer de Mama, publicado em 2004,  que contém as principais recomendações técnicas referentes à detecção precoce, ao tratamento e aos cuidados paliativos em câncer de mama, no Brasil.

 
 Voltar
Apoio


conheça os projetos

Go Apoio








Go Parceiros



 ::Enquete::

O que mais te interessa numa associação nikkey?
Esportes
Cultura
Eventos
 
Resultado Parcial
Enquetes Anteriores




  Privacidade | Contatos | Sobre a Liga | |      
Esse site foi acessado 63967000 vezes desde março de 2009
A.C.E.T Associaçao Cultural e Esportiva Tucuruvi 2009 Todos os Direitos Reservados